ACOMPANHE ESSE BLOG DE PERTO!

20 de jun de 2009

DICAS PARA ESTIMULAR UMA VISÃO PREGUIÇOSA


Geralmente, os oftalmologistas indicam uso de tampão em crianças com ambliopia.
O ideal é realizar atividades do interesse da criança.
Pra começar, dependendo do grau de visão que ela possui, selecione atividades ideais para crianças com idade inferior a que ela se encontra. Atividades como: pintura, recorte, colagem, modelagem com massa de modelar, desenho livre, entre outras, são muito bem aceitas pelas crianças. O cuidado que se deve ter com atividades de desenhos é com relação ao tamanho e ao contraste.
Utilizando atividades referentes a fase anterior durante o início dos atendimentos poderá proporcionar maior segurança a criança, preparando-a para as atividades da fase seguinte.
É preciso ter paciência! Provavelmente ela terá um pouco de dificuldade, principalmente devido incômodo por causa do tampão.
Realize uma atividade por vêz e até que ela demonstre desinteresse ou total domínio não mude o estilo da atividade, ok? Faça com ela, ajudando-a, dando pistas no início, orientando... assim poderá estimulá-la a não desistir.
Mas, atenção! Permita que ela se aproxime para visualizar melhor, procure um local bem iluminado (ela lhe dirá se está bom!) e, se necessário utilize uma luminária direcionada para a atividade (cuidado para não focar no rosto da criança). Se necessário, ou se perceber cansaço ou fadiga, faça intervalos discretos, como conversar sobre algo que a atividade lembre (sempre assuntos com relação a atividade ou o que ela representa).
Qualquer dúvida estarei pronta em ajudá-los(as), ok?
Espero ter ajudado.Grande abraço!

Se quiser deixem o depoimento contando como foi sua experiência...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Muitas mudanças ocorreram nos últimos vinte anos, quando teve início a prática da Baixa Visão em nosso país. O oftalmologista brasileiro, porém, ainda não se conscientizou da responsabilidade que lhe cabe ao determinar se o paciente deve ou não receber um tratamento específico nessa área. Infelizmente, a grande maioria dos pacientes atendidos e tratados permanece sem orientação, convivendo, por muitos anos com uma condição de cegueira desnecessária." (VEITZMAN, 2000, p.3)

.
.

NÃO ESQUEÇA!....

NÃO ESQUEÇA!....

FONTES PARA PESQUISA

  • A VIDA DO BEBÊ - DR. RINALDO DE LAMARE
  • COLEÇÃO DE MANUAIS BÁSICOS CBO - CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA
  • DIDÁTICA: UMA HISTÓRIA REFLEXIVA -PROFª ANGÉLICA RUSSO
  • EDUCAÇÃO INFANTIL: Estratégias o Orientação Pedagógica para Educação de Crianças com Necessidades Educativas Visuais - MARILDA M. G. BRUNO
  • REVISTA BENJAMIN CONSTANT - INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT